Depois de tudo, amanhã é outro dia!

tumblr_lfou828HmF1qeyfg9o1_500
Depois do fim do livro, você se esforça em desapegar dos personagens e corre atrás da próxima história para acompanhar. Depois do fim da música, você dá play na próxima canção. Depois do fim do jogo, você começa a pensar nas próximas disputas. Depois do esforço, uma comemoração; depois do trabalho, o descanso; depois do suor, a recompensa. 
Depois da tempestade vem a calmaria e, talvez, depois de tanto clichê, venha alguma informação realmente útil no meio de tantas palavras jogadas. Depois de um coração partido vem um momento para respirar fundo e aprender com os próprios erros. Depois de mil lágrimas vem aquele primeiro riso discreto ao ouvir uma piada sem graça de uma amiga que só tentou te animar. Depois da cara quebrada, a vergonha na cara para parar de se fazer de idiota com as pessoas.
Depois da humilhação, a necessidade de se valorizar para o mundo. Depois de tanto texto cult, um texto de autoajuda lido em segredo para inflar um pouco o ego. 
Depois de um filme triste, um desenho para acalmar a mente antes de dormir. Depois de um dia cansativo, um colo para chamar de seu. Depois de um pesadelo angustiante, um abraço. Depois de um grito, um silêncio; depois de uma briga, uma reconciliação; depois de um adeus, um reencontro. 
Depois de um olhar, um sorriso. Depois de um sorriso, um beijo. Depois de um beijo, uma história. Depois de uma história, dois corações. Depois de dois corações, uma vontade louca de ficar junto para sempre e, depois dessa vontade louca de ficar junto para sempre, um para sempre que só o tempo dirá como irá ser. E depois de amanhã, outro dia, e outro, e outro, e outro, e outro. Porque, apesar de tão óbvia, essa é a verdade mais reconfortante que pode existir – por aqui e por aí. Pois, resumindo tudo em duas palavras: vai passar (ou vai, pelo menos, parecer que passou). E isso já é remédio para um montão de dores.
*Inspirado na frase “Afinal de contas, amanhã será outro dia (after all, tomorrow is another day)”, do filme “E o Vento Levou”. 

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: