Era feliz, somente feliz…

tumblr_ljvqnioM1J1qgcak4o1_1280_large

Cinco horas por dia, era o minimo de tempo que passávamos juntas… Vez ou outra brigamos, choramos e ficamos sem se falar uma com a outra. Mas sempre, independente do que acontecia, a gente ria, ria muito… De tudo, de todos, do nosso próprio grupo ou de garotas que se achavam lindas.

Não havia tempo ruim, uma manhã de sol ou de chuva era perfeita para ser somente feliz, como se isso não fosse acabar nunca, como se tudo isso fosse durar pra sempre.

Pois é, dois anos de passaram desde que tudo mudou, e no fim desse ano, eu vejo e percebo que perdemos muito tempo, tempo esse que poderíamos ter ficado somente feliz novamente, não ter se esquecido de que tudo isso era importante demais pra nós, e que tudo isso fez e fará parte de nossas vidas para sempre.

Sinto falta de quando as horas passavam depressa, mas os dias pareciam não ter fim, sinto falta até das brigas, dos chingos e de tudo bagunçado em cima da mesa… Sinto falta das guerras de papel e de como era bom aquele enroladinho de queijo com tomate na cantina. E hoje percebo que passamos muito mais tempo reclamando do que apenas vivendo… “Nossa, essa aula não termina nunca” “pelo amor de Deus, como essa professora é chata” “não vejo a hora de acabar esse ano” “quero férias”.

Queríamos tanta coisa e no fim acabamos por ficar sem a gente… Sem ter com quem passar o tempo nas manhãs de tédio,  sem ter com quem desabafar sobre aquela conversa com o ex pelo msn, sem ter com quem conversar sobre a vida sexual. Mesmo que esta seja sobretudo oculta! Ficamos sem ter com quem dividir nossas tristezas e principalmente nossas alegrias.

É bem assim, os anos, meses e horas passam, e a gente cresce, vai se perdendo de tudo e de todos, encontra novas pessoas, novos amores, daqui a pouco se casa, tem filhos e percebe que esqueceu de contar tudo isso pra sua melhor amiga, aquela mesmo, que disse te acompanhar pelo resto da vida, aquela que disse que seria madrinha do seu primeiro filho, que seria madrinha no seu casamento, mas não queria dar um presente muito caro!

E no final de tudo, depois de relembrar mil vezes como era bom ser somente feliz, a gente sente vontade de tentar de novo, de fazer tudo isso virar realidade novamente… E quer saber de uma coisa? Isso não é impossível.

Por isso, quero ser feliz, somente feliz… De novo!

 

Lethicia. Beijos

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: