Carta para talvez…

E por mais uma vez eu me sinto a pessoa mais idiota do mundo. Só peço que guarde o que passamos em algum lugar inalcançável. Mesmo que seja só por bobagem ou historinha pra contar para os filhos no futuro, para contar para um amigo ou coisa do tipo. Esqueça tudo que disse sobre não gostar de pessoas burras… Pois infelizmente, eu gosto muito de você! Também esqueça o que te disse sobre não errar, ou sobre errar demais. Na verdade, faça isso várias vezes, o quanto precisar, o quanto puder.

E sabe da grande verdade, me enganei quando acreditei que poderia te mostrar o mundo de verdade com meus próprios olhos. Use os seus para tentar ver o que esta em sua frente – e aliás… sentirei falta deles nas próximas semanas. 

Vai lá… Volte a ser aquele garoto ingênuo que conheci há alguns meses, mais não faça isso sempre, só às vezes. E te garanto: Assim como eu conheci, algumas pessoas merecem conhecer esse lado seu. Quase falante. Quase perfeito. Quase seguro. E feliz. Tente sorrir mais agora, fazer noites de festas e de farra. Ligue menos para o que vão pensar sobre você. E quer uma má notícia: Sempre vão dizer alguma coisa. Entre todas, verdades e mentiras, acredite em quem realmente ama você… Em quem realmente gosta de te ver feliz. Eu sei… São pucos não é mesmo? Mas quase sempre são o suficiente.

Não pense no que pode acontecer se fizer tal coisa, apenas viva… intensamente… faça o que quiser e quando quiser, se puder e não puder. Seja somente feliz.  E pra isso, basta perceber os mínimos detalhes do dia-a-dia! Olhe para o sol, ele brilha… e as vezes esta coberto por uma nuvem preta… mais mesmo assim, no outro dia ele volta a brilhar. Como se nada tivesse acontecido. E preste bastante atenção: Você vai cair as vezes. E mesmo assim ainda vai ter alguém ao seu lado, para te dar a mão, e te puxar pra cima novamente.

Mas que boba eu sou… Agora sei que o mundo é pequeno demais para muitas lembranças, então prefiro correr do passado.  Eu abro o vidro, deixando o vento bagunçar o penteado, os sonhos e todo o resto de mim. Apenas fecho os olhos e deixo com que meus pensamentos se movam sem rumo. Sei que sou assim. E agora percebo que durante todos os dias de minha vida,  eu fiz e e desfiz as malas por alguém. 

E por ser assim, “sem ligar” já sofri centenas de vezes. Tomei na cara, no coração e na alma. Mas quer saber da verdade? Isso não é nada meu caro. Sei disfarçar com sorrisos, batons vermelhos, noites de farras e café bem forte. Um dia agente aprende meu caro. Aprende a sempre se levantar sozinho quando cai, aprende a seguir em frente com nosso caminho mesmo que tudo de errado. E tudo isso, não por sermos forte, mas pelo contrário,  por saber que somos fracos o bastante para não conseguir entender a própria alma, admitir a essência e voltar atrás. Pois é disso que tenho medo, de dar ré na vida. 

Por isso, piso firme no acelerador, e sigo em frente toda vez que algo me pede pra voltar…

A sabe de uma coisa, nesse tempo, deu até pra perceber que juntos, nos somamos e dividimos por dentro. Deixamos até passar algumas coisas, talvez, mas essas se tornam insignificantes e vazias perto do que alimentamos e cultivamos. Uma loucura. Nossa loucura.

Agora mais do que nunca… Deixe o vento agir sobre você também. Ache que adrenalina é paixão, e paixão é amor. Misture tudo que restou em um copo cheio de nada e gelo, e beba sem respirar. Pois a grande verdade, é que conhecemos muitos lugares no mundo, menos o nosso próprio coração… E lembre-se, algumas coisas não acabam quando terminam.

Então, seja somente feliz, muito feliz… Pois estarei sempre aqui, bem aqui, vendo o que você vê, sentindo o que você sente.
Em sua alma. Em seus olhos. Estarei completamente em você. Pois a paixão ou algo seu ainda ficará em mim.

 

Lethicia. Beijos

Anúncios
Deixe um comentário

1 comentário

  1. pérola

     /  30 de setembro de 2013

    muito lindo….

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: