Tumblr: Seleção da semana!

Como fiz na semana passada, selecionei os melhores textos que encontrei em minha dash novamente!  E nessa semana a cada rolagem da página eu ficava surpresa novamente… é tanta gente inteligente, que fiquei em dúvida sobre o tanto de textos que ia colocar aqui! rsrs Mais como combinado, ai estão os 5 preferidos!

Em primeiro lugar: Boa noite Cinderela.

E eu te peço por favor que não vá embora.

Uma noite fria de inverno, o único som vinha do vento batendo forte contra as janelas. Se apertava contra ele para se proteger do frio, até que seus olhares se encontraram, fazendo milhões de pensamentos voarem desenfreados pela sua mente. Perguntava-se se com ele era assim também, se pensava nela da mesma forma em que ela pensava nele. Desejava ter o poder de ler tudo o que passava por sua cabeça – cada desejo, dúvida ou medo -, e ajudá-lo a realizar seus sonhos. Mas no fundo sabia que jamais aconteceria. Finais felizes não existem em conta de mais, mas sim de um só. Um solitário e perverso número um. A ela cabia apenas cruzar os dedos embaixo das cobertas e fazer preces todos os dias para ele não partir. Pediu em seus olhos uma súplica: E eu te peço por favor que não vá embora. Não ainda. Não quando cada célula do meu corpo depende inteiramente de você para funcionar direito. Há tanto para viver ainda. Há tantos sorrisos que quero dar ouvindo sua voz. Há tanto aperto no peito para sentir quando a saudade me toma por completo. Existem tantos abraços que desejo lhe dar e tantos carinhos que preciso receber para sentir que a vida vale a pena. 
Como se soubesse de cada palavra dita por seu olhar, apertou-a com força contra seu peito, dissipando todo o seu medo e apagando qualquer rastro de dúvida que poderia existir. E mais uma vez, sentiu que seu lugar era ali, em seus braços.

Segundo lugar: Mariane Zaluzejos. 

Misture, amor.

Olhe, meu bem, estou com uma vontade louca de derramar bobagens em seu ouvido, de ditar frases blasés do tipo ‘não tire as mãos da minha cintura nunca mais’, renunciar ao sol que faz lá fora para contar seus fios de cabelo, os sinais da sua pele e os pelos da sua barba mal feita. É assim mesmo, amor, bem assim: nós dois deitados no tapete e você com a sua cara de quem tem mais o que fazer enquanto eu remexo em sua camisa. Oh, tudo coisa da minha cabeça, eu sei, mas dou risada sozinha, feito uma tonta, enquanto faço você morrer entediado com o meu amor. E seria bom, meu menino, seria o tédio mais brilhoso desse templo, desse mantra, desse carma, dessas coisas esquisitas e esplêndidas da vida. Seríamos nós dois perdendo tempo, sabendo que esse tempo não presta pra nada, exceto envelhecer. Então criaríamos uma sobrevida, um plano externo enquanto estivesse com a cabeça em meu colo feito criança, feito um pequeno, uma minuciosidade que traz as serpentinas e os sambas do mundo inteiro pro meu sofá. Olhe, meu bem, estou doida para que me chame para dançar aquele bolero quente às quatro horas da manhã, ansiosa para que puxe a minha mão e me leve ao parque em plena segunda-feira, na hora do almoço. Os nossos receios e dúvidas nunca mais seriam os mesmos enquanto nossas almas estivessem misturadas, amor. Então, misture. Jogue meus pedaços em seu peito, meu cabelos em seu rosto. Jogue-se na mesa da minha cozinha, puxe o forro, desarrume meu lar. Faça de tudo o que for meu, seu. E me dê tudo o que é seu. Depois ligamos o aleatório para que não esqueçamos de doar eternamente. Misture, amor. Nós não somos os mesmo, mas formamos uma mistura que combina perfeitamente.

Terceiro lugar: Cry and Live. 

Felicidade é algo complexo...

Dizem por aí que as pessoas precisam de doses diárias de felicidade para viverem. Me perguntei o que é felicidade. É ouvir a sua voz e sorrir, conversar com você e perceber risadas escandalosas sendo liberadas por mim mesma. Felicidade é algo complexo, já que eu simplesmente não consigo explicar o que estou sentindo por você. Mas eu sei que é verdadeiro. Seria exagero pedir para que você fique ao meu lado para sempre? Porque eu não me importaria de abrir mão do meu próprio bem só para garantir o seu. Já conheci milhares de pessoas que diziam que me amavam e depois iam embora. Então, fica. Fica aqui, não seja só mais um prestes a partir. Fica para que eu possa ver o seu sorriso por todas as manhãs. Fica para que eu te chame de bobo. Fica para que eu lhe prove o quanto você consegue alterar o meu nível de idiotice. Fica para que possamos ouvir as nossas músicas, ou até ver o nosso filme juntos. Fica na minha vida para que eu possa te mostrar o quanto valeu à pena esperar por tanto tempo para sentir o seu toque […] E é insuportável ir dormir sem ter você do outro lado da cama para me abraçar. Horrível acordar, olhar para o lado e perceber o vazio. Ou melhor, perceber que está faltando o seu sorriso. O único pelo qual eu lutaria para ter, mesmo quando estivesse sem força. Afinal, ele é o motivo pelo qual resisto a tudo. Às vezes o amor é assim, você foge, evita e procura não assumí-lo. E quer saber? Você é aquele alguém pelo qual eu quero viver eternamente ao lado. Eu sou uma fábrica de pensamentos que não para de imaginar você cuidando de mim. -Ele é aquele típico garoto errado, que insiste em fazer o contrário só para provocar. É aquele que mesmo sem esforço, vai colocar um sorriso no seu rosto e te deixar vermelha de vergonha. É aquele pelo qual você não ousaria se apaixonar… mas se apaixona. -Porque no fundo, não importa se eu ver estrelas cadentes ou horas iguais, o meu desejo sempre será você. Aqui. Agora. E para que nunca tenha um fim.

Quarto lugar: Come to Belieeve. 

Cadê todo amor? Cadê todo aquele sentimento?

“Ironia da vida”, seria um belo título pra começar essa história. Primeiro, sem querer, você se apaixona, e aquilo vai crescendo, você vai lapidando aquele sentimento, dentro de ti, e pronto, alguns meses depois você descobre que não era apenas paixão. Descobre que o que você sentia é amor. Você sofre com isso por meses, chora desesperadamente, quer agarrá-lo, quer tê-lo pra você. Vocês namoram alguns meses, ou até mesmo, anos. Só que aquilo tudo acaba. Você sofre de novo, porque duvida dos sentimentos dele, do amor que vocês tinham. Vai se destruindo aos poucos, e todo dia você reza pra aprender parar de amar, pra aprender a esquece-lo. Passa um tempo, e você finalmente consegue o que queria. Mas.. adivinha. Você se torna a pessoa mais fria e sem sentimentos que o mundo já conheceu. De repente, o calor que você guarda dentro do seu coração, pode ser comparado com aquele que a gente encontra na Antártida. Cadê todo amor? Cadê todo aquele sentimento? Pois é, não existe mais. E assim começa tudo de novo, porque você se vê rezando, durante todas as noites, pra poder se apaixonar de novo. 

Quinto e não menos importante: Mirelly Fernandes.

Alguém… Alguém que te queira, longe ou perto, mas sempre bem.

Queria muito que as pessoas percebessem quando eu estivesse mal. Queria que elas soubessem que quando eu me calo, é pra me proteger. Que minha defesa, quase sempre, é o meu silêncio ou a minha ironia. Vejo sempre pessoas ao meu redor, precisando de mim, de carinho e atenção, mas me pergunto quando foi que elas chegaram em mim e falaram: quero te dar um abraço, um beijo, sei lá, quero te fazer um carinho. E a resposta é: nunca.

Odeio ter que pedir um abraço, odeio ter que falar pra uma pessoa: eu sinto sua falta, eu queria estar com você agora. Sei lá, acho desnecessário demonstração de “precisão”; mas, ao mesmo tempo, é tão necessário, é tão importante, parece ser seu único refúgio, sua única fortaleza. Um abraço de um amigo, de uma amiga, que seja, mas de alguém que você saiba que não importa o que aconteça, sempre vai estar com você. 
Ter um alguém que te entenda, que conheça os seus defeitos, as suas qualidades, e acima de quaisquer erros, te ame. Te ame indefinidamente, inexplicávelmente; alguém que não desista de você na primeira pancada que você der, na primeira palavra que machuque. Alguém… Alguém que te queira, longe ou perto, mas sempre bem. Sempre com um sorriso e um sorriso que ela saiba que é por ela. Alguém que é você, alguém que seja minha, só minha.

E ai, o que acharam dessa galera? Deixe seu comentário!

Lethicia. Beijos

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: