Uma manhã de Sexta-Feira.

E mais uma manhã se passa… uma manhã de sexta-feira, mais do que nunca ele demora a passar, a tarde não chega, esse sol da manhã entrando pela janelas, um cheiro de café no ar, o mesmo companheiro de ontem, hoje não está tão amargo pois é sexta-feira… más nem tão doce.

Lentamente vou me acostumando com o atraso… essa tarde que não chega logo… ela disse que viria rápido… ele não cumpriu a sua promessa! Más não me importo, ela vai chegar, uma hora ou outra, e logo após ela se vai… chega então a noite. Ah… a noite, com certeza ela estará radiante, estará bela, a lua brilhando e milhares de estrelas… tenho uma festa, mas não tenho acompanhante, 2 ingressos para uma só garota… o café não vai me acompanhar, a tarde está do outro lado do mundo, e a noite… essa estará com milhares de pessoas ao mesmo tempo.

Então… acho que vou ficar em casa, ou alguém quer me acompanhar?           Não.

É o que eu esperava.

“Me perdi em minhas próprias palavras.”

Me encontrei. Um coração, uma mente… o coração quebrado, porém continua batendo e bombeando o sangue. A mente anda vaga, “ele” não existe, a mente não tem no que pensar. Escola, trabalho, deveres… isso tudo é clichê, muita ladainha, muita coisa sem sentido… nem sei se gosto de tudo isso, nem sei o que quero na verdade.

Mas deixa… eu não ligo, sou forte. Já passei por pernas bambas, mãos molhadas e borboletas no estômago por conta de um simples olhar. Agora isso… solidão… isso é muito fácil!

Lethicia. Beijos

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: